Data: 24/06/2022 18:31 / Autor: Andréa Brock / Fonte: ABCdoABC

Balanço da Brock – 24/06/2022

Aqui você encontra diversidade, democracia, política, eventos, economia, cultura, sociedade, miscigenação, bichos e muito mais. Tudo junto e misturado


Causa animal 

Embora não se apresente como defensora da causa animal, mas sim como simpatizante, a primeira-dama de Santo André, Ana Carolina Serra, sempre utiliza suas redes sociais para divulgar ações do governo na área PET. Os mais próximos dizem que parte dela os projetos em defesa da causa no governo. 

Essa semana a primeira-dama divulgou uma bela campanha de incentivo à adoção de animais nas suas redes sociais, com fotos e mensagens que diziam que pessoas que têm um animal de estimação são mais felizes. Ana Carolina e Paulinho são tutores de uma cãozinho, o Fred, que foi vítima de abandono. Segundo o prefeito, que já contou sobre a vida de Fred em seu Instagram, o cãozinho chegou para eles muito assustado em virtude dos maus-tratos sofridos. Hoje Fred é o xodó do casal.

Dizem que partiu de Ana Carolina o projeto Moeda Pet, que busca trocar garrafas recicláveis por ração. Amanhã inclusive terá uma ação do programa na cidade, em frente ao Parque Central, das 9h às 13h. E terá também no Parque Celso Daniel um evento de adoção de animais. 

Ana Carolina é pré-candidata a deputada estadual na cidade. Possivelmente, se eleita, será uma voz de apoio da causa animal na Assembléia Legislativa. 

E por falar em causa animal 

A advogada de São Bernardo Antilia Reis, continua na luta pela defesa das búfalas de Brotas que foram abandonadas em novembro do ano passado sem água e comida. Essa semana Antilia conseguiu que a Justiça de Brotas determinasse que o espólio da Fazenda Água Sumida pague mensalmente R$ 55 mil para custear parte do tratamento e manejo das búfalas. A medida foi determinada pela 1ª Vara da Comarca de Brotas. Além disso, a propriedade também foi bloqueada, ou seja, não poderá ser colocada à venda pelos proprietários sem autorização judicial.

O advogado dos proprietários da fazenda, Luiz Alfredo Angélico Soares Cabral, disse que irá recorrer da decisão.

Segundo a advogada da Antília Reis, que representa a Ong ARA, Amor e Respeito aos Animais, entidade que cuida das búfalas que sobreviveram, desde que recebeu a tutela provisória e iniciou a recuperação das búfalas, a organização já gastou cerca de R$ 1,3 milhão.

Codifica

Quem gosta de tecnologia e quer se especializar chegou a hora. O Projeto Codifica está com 50 vagas abertas para dois cursos gratuitos de formação em tecnologia na cidade de Campinas. São cursos online de programação e design de produto, voltados para jovens de 16 a 24 anos em situação de vulnerabilidade social. As inscrições terminam no próximo dia 30 de junho e podem ser feitas via internet.

São 25 vagas para cada curso, que tem duração média de três meses, iniciando em 1 de agosto e com término previsto para 28 de outubro. Serão três aulas por semana com três horas de duração, realizadas no período da noite.

O programa é uma iniciativa da Organização da Sociedade Civil (OSC) Base Social, com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas. Serão fornecidos equipamentos para alunos que não possuírem computadores, internet ou webcam, além de uma bolsa-auxílio para 25% dos participantes.

O programa tem como objetivo auxiliar os jovens a ingressarem no mercado de trabalho na área de tecnologia.

Comente aqui