Data: 24/01/2022 21:36 / Autor: Redação / Fonte: Consórcio do Grande ABC

Consórcios da Grande São Paulo pedem ajuda ao Governo do Estado

Pleito foi deliberado em reunião virtual com presidentes de entidades intermunicipais


Crédito: Divulgação

Os consórcios públicos da Região Metropolitana de São Paulo decidiram pedir apoio ao Governo do Estado para a ampliação da capacidade hospitalar e ajuda financeira aos municípios, além de cobrar providências sobre as dificuldades enfrentadas na viabilidade de vagas de internação no sistema Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross).

O pleito foi deliberado na noite desta segunda-feira (24/1), durante reunião virtual entre os presidentes das entidades intermunicipais. O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra (prefeito de Santo André), e o secretário-executivo Acácio Miranda representaram as sete cidades na videoconferência.

Também participaram do encontro o presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste) e prefeito de Osasco, Rogério Lins, e o secretário-executivo Jorge Lapas, o presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e prefeito de Guarulhos, Guti Costa, e o secretário-executivo Adriano Leite, além do presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste (Conisud) e prefeito de Embu das Artes, Ney Santos, e a secretária-executiva Brígida Sacramento.

“Esta é uma iniciativa extremamente importante, dada a representatividade da Região Metropolitana de São Paulo. Como os serviços ambulatoriais foram afetados com a alta de casos de influenza em conjunto com os de Covid-19, a ajuda é fundamental para que os municípios continuem atendendo a população”, afirmou Paulo Serra.

Juntos, os consórcios representam 38 municípios da Região Metropolitana. De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde, a taxa atual de ocupação de leitos de UTI Covid na Grande São Paulo é de 65,5%, enquanto a de enfermaria chega a 67%.

Comente aqui