Data: 03/07/2020 13:03 / Autor: Redação / Fonte: CPS

Etec Santa Ifigênia cria pratos saborosos e práticos para quarentena

Estudantes do curso de Cozinha lançam o projeto #fiquememcasa na Cozinha nas redes sociais; vídeos ensinam a preparar pratos saborosos e econômicos


Vídeos do curso de Cozinha ensinam a fazer pratos que podem melhorar a qualidade das refeições e o humor de quem prepara
Vídeos do curso de Cozinha ensinam a fazer pratos que podem melhorar a qualidade das refeições e o humor de quem prepara

Crédito: Divulgação

Que tal aprender uma receita nova, gostosa e prática com ingredientes simples que podem estar na sua geladeira? Essa foi a proposta do projeto #fiqueemcasa na Cozinha dos estudantes da Etec Santa Ifigênia que criaram um cardápio para estimular o gosto pelas panelas neste período de pandemia. São receitas variadas que foram gravadas em vídeos para serem divulgadas pelas redes sociais.

O trabalho, desenvolvido por alunos do curso de Cozinha e coordenado pelo professor Fábio Silva, da disciplina Artes, começou com um mapeamento das regiões mais impactadas pela Covid-19, na Capital. Para o educador, o objetivo era mostrar aos moradores desses locais como uma comida caseira e saudável pode melhorar a imunidade das pessoas e ser um passatempo prazeroso para quem está em isolamento social.

Durante o mês de maio, os estudantes monitoraram os dados epidemiológicos da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo e os resultados apontaram Campo Limpo, Brasilândia e Sapopemba como as regiões mais impactadas pela pandemia no período.

“O objetivo da ação #fiqueemcasa na Cozinha foi compartilhar o conhecimento da turma que faz o último semestre do curso de Cozinha com moradores das regiões mais afetadas pela contaminação”, afirma. Para Silva, a iniciativa ensina que cozinhar pode ser uma maneira divertida de cuidar da saúde. 

O preparo dos pratos foi gravado em celular pelos alunos e os vídeos editados pelo professor e distribuídos nas redes sociais dos estudantes, como Youtube e WhatsApp, e pela plataforma digital Teams. A estratégia de divulgação foi aproveitar a própria rede de contatos dos alunos que também moram em bairros com alto nível de contaminação. 

Fique na cozinha

O trabalho #fiquemcasa na Cozinha é do Ensino Técnico Integrado ao Médio (Etim) na modalidade Educação Jovens e Adultos (EJA). A aluna Elisangela Faustino destaca a relevância do projeto como estímulo para as pessoas ficarem mais em casa. “Esse momento de quarentena está forçando todo mundo a se reinventar. Eu mesma levei toda a família para cozinha e descobri que fazer a comida com ajuda dos meus filhos é um jeito de conviver muito especial”, afirma.

A estudante é moradora de Campo Limpo e afirma que as pessoas precisam ser convencidas a permanecerem dentro de casa. Na sua região, o movimento nas ruas é intenso e as festas continuam sendo realizadas. Com a ajuda dos filhos, ela publicou o vídeo da ação #fiqueemcasa na Cozinha nas redes sociais para reforçar a importância do isolamento social.

Em plena pandemia, Elisangela está concluindo o curso de Cozinha e tem planos de continuar estudando. Como gostou muito da área, pretende fazer Nutrição e dar continuidade ao que aprendeu no curso. Aos 44 anos, ela relata que voltou aos estudos pelo EJA para incentivar os filhos. A aposta deu certo e uma das filhas está fazendo o curso técnico de Enfermagem na Etec Carolina Carinhato Sampaio. Entre uma receita e outra, a família faz planos para o pós-pandemia.

“A ideia é oferecer um meio interativo e de fácil acesso com diferentes ferramentas para que os profissionais de saúde não sejam surpreendidos com a falta de algum item fundamental. Em uma emergência médica, cada minuto é precioso. Por isso, os equipamentos devem estar sempre disponíveis e em condições de uso”, explica Hilton Ricardo de Sousa, líder da equipe e um dos idealizadores da solução, que pode ser utilizada sem nenhum custo durante um período de seis meses.

Comente aqui