Data: 22/06/2020 15:01 / Autor: Redação / Fonte: HCRP

HCRP de Ribeirão Preto-SP abre novas vagas para médicos

Vagas em aberto oferecem salários de R$ 4.476,38 e R$ 5.371,65


Crédito: Divulgação

Mais oportunidades de concursos SP foram divulgadas. O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, publicou no dia 11 de junho no Diário Oficial do estado os editais de concursos públicos para o cargo de médico. Ao todo, serão duas vagas ofertadas: uma para a especialidade de Ultrassonografia Ginecológica e outra para Cirurgia de Urgência e Trauma.

As oportunidades estão disponíveis para o nível de escolaridade superior completo. Além disso, o candidato deverá ter o certificado de conclusão de residência médica na especialidade desejada e registro ativo no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp).

A carga horária de trabalho para a área de Ultrassonografia Ginecológica será de 20 horas semanais, com remuneração de R$ 4.476,38. Para Cirurgia de Urgência e Trauma serão 24 horas por semana, com salário de R$ 5.371,65. Os aprovados também receberão auxílio-alimentação de R$ 360,00.

Vale ressaltar que as inscrições podem ser realizadas no site do Hospital das Clínicas, através do endereço eletrônico site.hcrp.usp.br/, até às 14h do dia 29 de junho. É cobrada uma taxa no valor de R$ 91,11.

O processo de seleção será composto por três exames: objetivo, dissertativo e avaliação de títulos. O exame dissertativo terá 10 questões valendo 8 pontos cada, abordará casos clínicos com ênfase em raciocínio, justificando as hipóteses diagnósticas através da argumentação e respectivas condutas de tratamento pertinentes. Os critérios observados, segundo o edital, serão:

a) 5 pontos em razão do conteúdo científico da resposta, ou seja, o domínio sobre o assunto abordado, tendo como base o programa deste edital e a literatura científica atualizada;

b) 3 pontos em razão da consistência dos argumentos da resposta, organização do pensamento, sequência de conceitos e princípios abordados, clareza e objetividade na exposição dos argumentos, organização e correlação dos conhecimentos abordados.

Já a prova objetiva irá consistir em 10 questões de múltipla escolha, valendo 2 pontos cada, sobre Noções de Administração Pública e Informática.

Os candidatos que alcançarem nota igual ou superior a 50 pontos na prova objetiva e dissertativa poderão avançar para a etapa de avaliação de títulos, que é de caráter classificatório, e serão avaliados em uma escala de 0 a 20 pontos. Na avaliação de títulos será considerado o sistema de pontuação diferenciada para pretos, pardos e indígenas, nos termos da Lei Complementar nº 1259/2015, regulamentada pelo Decreto Estadual nº 63.979/18.

Comente aqui