Data: 01/07/2022 15:41 / Autor: Redação / Fonte: Sabesp

Sabesp comemora 40 anos de operação da Estação de Tratamento de Esgoto Suzano

Unidade que atende municípios do Alto Tietê leva mais qualidade de vida à população de cerca de 720 mil pessoas e beneficia o meio ambiente


Crédito: Reprodução

A Sabesp comemorou na quinta-feira (30/06) os 40 anos de operação da Estação de Tratamento de Esgoto Suzano, uma das principais ETEs da Grande São Paulo. Localizada no município do Alto Tietê, a unidade é responsável pelo tratamento do esgoto gerado por uma população de cerca de 720 mil pessoas e tem papel de destaque no saneamento dos municípios da região, levando qualidade de vida aos moradores.

A ETE Suzano foi inaugurada em maio de 1982 com a finalidade de atender as cidades de Suzano, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos e parte de Mogi das Cruzes. A estação tem capacidade de tratar 1.500 litros de esgoto por segundo, impedindo que a poluição chegue a córregos e rios, mas os benefícios ao meio ambiente vão além. Para se adequar aos requisitos da norma ISO14001, a unidade criou e aplica diversos procedimentos que visam a mitigação do impacto do consumo de recursos naturais.

 São várias melhorias em andamento para garantir a sustentabilidade na operação da ETE, desde a cobertura do pátio de lodo, até o projeto em implantação para secagem do lodo visando reduzir os volumes que são transportados para os aterros. Com o trabalho, a unidade foi reconhecida com o Selo Sabesp de ETEs Sustentáveis Nível 1, ou seja, está entre as estações de tratamento de esgoto que interagem com o meio ambiente e buscam minimizar o consumo dos recursos naturais e de energia pelo uso dos seus subprodutos.

A ETE Suzano recebeu o selo por ter equacionado e implantado uma solução adequada para destinação do lodo gerado no tratamento de esgoto. A estação também iniciou as obras do programa de Geração Distribuída de Energia, que contempla o projeto de instalação de usina fotovoltaica, uma fonte de energia limpa e renovável, que está em acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Na região leste da Grande são Paulo, a ETE São Miguel obteve o Selo Sabesp de ETE Sustentável Nível 2.

A ETE Suzano tem papel importante no Projeto Tietê, o programa pelo qual a Sabesp vem atuando desde 1992 na implantação e ampliação da infraestrutura de coleta e tratamento de esgoto nos municípios onde opera na Região Metropolitana de São Paulo, com o objetivo de contribuir para a recuperação gradativa do rio Tietê.

A unidade recebe o esgoto dos moradores e de parte das indústrias do Alto Tietê. Esse material passa inicialmente pelas grades que retêm o lixo que indevidamente chega à estação – plásticos, cabelo, restos de tecido, madeira. Na sequência, o esgoto segue para decantadores, que separam o que sobrou de sólido e uma parte da matéria orgânica. Os rejeitos passam então para os tanques de aeração, onde micro-organismos decompõem os poluentes.

 Novos decantadores completam o trabalho ao separar o lodo do material já tratado, que é devolvido despoluído ao rio Tietê. A ETE ocupa uma área de 410 mil metros quadrados no município de Suzano.

Comente aqui