Data: 10/06/2022 08:11 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

SP: Novo Secretário Estadual da Educação anuncia contratação de 2,9 mil professores

Novos contratados terão salário base entre R$5 mil e R$7 mil em jornada de 40 horas semanais


Sala de aula
Sala de aula

Crédito: Wilson Dias - Agência Brasil

Nesta quinta-feira (9), o Governador do Estado de São Paulo Rodrigo Garcia empossou o professor Hubert Alquéres como Secretário Estadual da Educação. A nomeação do novo chefe da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) foi publicada no Diário Oficial no último dia 2.  

“Sabemos que a pandemia vai deixar cicatrizes e marcas difíceis de serem superadas e a educação talvez seja uma das principais. O Hubert tem um grande desafio pela frente com a sua equipe e por isso que o escolhi, porque sei do seu comprometimento, espírito público, amor pela educação e capacidade de colocar as coisas em prática”, destacou Rodrigo.

Como primeiro ato da sua gestão o Secretário anunciou 2,9 mil vagas para professores que desejem atuar na rede estadual. Os salários, já calculados pela Nova Carreira Docente, para 40 horas semanais é entre R$ 7 mil e R$ 5 mil, variando proporcionalmente conforme a jornada de trabalho, que pode ser parcial.

“Hoje São Paulo tem 204 mil professores em sala de aula, 10 mil a mais do que no ano passado, e iniciamos uma campanha de comunicação para convocar mais professores para a rede. São 1.700 profissionais com salário de R$ 7 mil e 1.200 com salário de R$ 5 mil, para 40 horas semanais”, disse Hubert Alquéres.

Os interessados devem se cadastrar diretamente em uma das 91 Diretorias de Ensino de todo estado. A contratação é em regime temporário e tem duração de três anos. Mais detalhes estão disponíveis em: www.educacao.sp.gov.br.

Sobre o Secretário

O professor Hubert Alquéres foi aluno da rede estadual, onde cursou o ensino fundamental na Escola Estadual Professor Ennio Voss. No Colégio Bandeirantes, onde atualmente é diretor, concluiu o ensino médio. Pela Escola de Engenharia de Mauá formou-se em Engenharia Civil.

Foi Secretário Executivo da Educação no governo Mário Covas (1995-2002) e presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE) por quatro mandatos. Atualmente, é presidente da Câmara de Ensino Superior, conselheiro do CEE, membro da Academia Paulista de Educação e Vice-presidente da Câmara Brasileira do Livro.

Na trajetória profissional, também foi secretário de Comunicação na gestão José Serra (2007), presidiu a Imprensa Oficial do Estado e foi secretário-geral de Administração na Assembleia Legislativa do Estado e a Associação Brasileira das Imprensas Oficiais, ocupou o cargo de diretor-técnico da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), foi professor da Escola Politécnica da USP e professor e coordenador na Escola de Engenharia Mauá.

  

Comente aqui