Data: 29/10/2020 10:05 / Autor: Redação / Fonte: Transcatarina

Transcatarina 2020 começou de forma cuidadosa e equilibrada

Foi aberto o cronômetro para a disputa ao título das categorias de competição do Transcatarina 2020. O prólogo, que definiu a ordem de largada para a primeira etapa, também já somou pontos


Transcatarina 2020 teve sinal verde para as emoções nesta quarta-feira, 28
Transcatarina 2020 teve sinal verde para as emoções nesta quarta-feira, 28

Crédito: Ney Evangelista/DFOTOS

Existem muitas pedras pelo caminho, mas no Transcatarina elas são utilizadas para aumentar ainda mais os desafios. A cidade de Fraiburgo (SC) recebeu a concentração e a largada da 12ª edição do Transcatarina, que foi oficialmente aberto no dia 27 de outubro, com início das aventuras nesta quarta-feira, 28. O encontro agitará o centro oeste catarinense, com pernoite em Treze Tílias e Caçador, e terminará em Fraiburgo, no dia 31 de outubro depois de 800 quilômetros percorridos.

Passaram pelo pórtico de largada 195 veículos, divididos nas categorias competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Iniciante e Turismo Light), e passeio (Passeio Expedition, Passeio Radical 1 e 2, e Adventure 1, 2 e 3).

Hora de acelerar sério

Era só para ser um prólogo que definiria a ordem de largada para a primeira etapa do 12º Transcatarina, mas, a organização do encontro – o Caçador Jeep Clube e a SC Racing – quiseram mais e, para apimentar e equilibrar a disputa, validou a tomada de tempo como pontuação para a classificação geral. Ou seja, foi faca nos dentes deste a primeiro sinal verde.

Embora curto, o percurso de aproximadamente 3 quilômetros localizado ao lado do Parque da Maçã, deixou pilotos e navegadores adrenados e com aquele gosto de “quero mais”. Com terreno seco e poeira, o pequeno-grande teste exigiu bastante da navegação: travado, com muitas mudanças de direção e pegadinhas. “A menor dúvida que fosse quanto ao caminho seguir, já colocou tudo a perder. Sabe aquela parada de um ou dois segundos, elas foram cruciais na definição do resultado”, disse o diretor de prova, Vander Hirt.

Na categoria Máster, a dupla formada por Leandro Pereira Moor e Claudio Roberto Flores, de Apucarana (PR) / Itajaí (SC), respectivamente, aceleraram redondo e fizeram a pontuação máxima. “Eu estou muito feliz! O Transcatarina é uma das nossas provas preferidas. São dez anos marcando presença neste evento e sempre batendo na trave. Desta vez, começamos com o pé direito e essa vitória é fundamental para mantermos ânimo até o final”, comentou o piloto. Na segunda posição vieram Leandro Riffel e Michael Masson, seguidos por Flavio Roberto Kath e Rafain Walendowsky.

Na Graduados, os melhores foram Alexandre Menezes Ferreira e Guilherme de Sousa Siqueira, de Aparecida de Goiânia (GO). “Rodamos 1.600 quilômetros de Goiânia a Fraiburgo”, destacou Souza. “Foi uma tomada de tempo muito bem levantada e medida, com uma parte técnica impecável. Exigiu tudo de nós”, completou. Em segundo lugar ficaram Dirceu Potrich e Leonardo Borges Menarim, e em terceiro, Deonilson Salla e Henrique Domingos Glir.

A dupla Dirceu Araújo Salla e Rodrigo Dionizio Silva, de Curitiba (PR), foi a melhor na categoria Turismo, seguida por Paulo Antonio Lacowicz e Ramon Paulo Lemos Lacowicz, e José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade, em segundo e terceiro lugares, respectivamente. “Prova técnica, com trechos curtos e muitas curvas, que demandou técnica dos competidores para acelerar no metro e levar o carro nas médias de velocidade exigidas”, falou Salla.

Entre os participantes da categoria Turismo Iniciante, o piloto Eduardo Pereira Silva e a navegadora Maria Beatriz de Andrade Silva, de Belo Horizonte (MG), foram os vencedores do prólogo. “Acredito que um fator importante desse resultado que conquistamos foi termos mantido a calma. Foi um prólogo rápido, com médias de velocidade um pouco baixas. A partir da primeira etapa, será mais desafiador”, disse Maria Beatriz. Na segunda posição vieram Marcos dos Santos Costa e Mariana dos Santos Costa, e em terceiro, Ricardo Silva de Farias Oliveira e Wilson Rodrigues Pinto.

Na Turismo Light, Marcelo Vassoler e João Batista Freitas, de Guarulhos (SP), ficaram em primeiro lugar. “Essa vitória é muito valiosa. Viemos de carro para cá e, quando chegamos em Curitiba, ele quebrou. Se não fosse o nosso patrocinador, a Trilha Eurocar, não teríamos condições de chegar”, salientou Vassoler. Em segundo ficaram Vinicius Parizotto Gustaman e Felipe Tavares Castro, e em terceiro, Marco Aurélio Santana de Oliveira e Marcos Antônio Couto Neto.

A primeira etapa do Transcatarina será realizada nesta quinta-feira (29), e seguirá rumo a Treze Tílias. A prova terá 175 quilômetros e passará por algumas propriedades de pomares de maçã e de reflorestamento de eucaliptos e pinus. As médias de velocidade serão justas, e haverá muitas referências próximas e pegadinhas.

Classificação – prólogo

Categoria Máster

1º Leandro Pereira Moor / Claudio Roberto Flores, 38 pontos perdidos

2º Leandro Rodrigo Riffel / Michael da Silveira Masson, 56 pontos perdidos

3º Flavio Roberto Kath / Rafain Walendowsky, 63 pontos perdidos

4º Acyr Hideki Rodrigues da Silva / Renan Medeiros, 81 pontos perdidos

5º Victor Pudell / Ronaldo Willian Rodrigues dos Santos, 94 pontos perdidos

 Categoria Graduado

1º Alexandre Menezes Ferreira / Guilherme de Souza Siqueira, 39 pontos perdidos

2º Dirceu Potrich / Leonardo Borges Menarim, 52 pontos perdidos

3º Deonilson Salla / Henrique Domingos Glir, 55 pontos perdidos

4º Paulo Renato Carvalho Ribeiro / Lucca Monteiro Carvalho Ribeiro, 64 pontos perdidos

5º Milton Roberto Dresh / Leandro Macedo Ferreira, 65 pontos perdidos

Categoria Turismo

1º Dirceu Araújo Salla / Rodrigo Dionizio Silva, 63 pontos perdidos

2º Paulo Antonio Lacowicz / Ramon Paulo Lemons Lacowicz, 63 pontos perdidos

3º José Andrade Júnior / Bernardo Schafer Andrade, 72 pontos perdidos

4º Cézar Leobet / Eduardo Leobet, 82 pontos perdidos

5º Marcos Giannoni / David Taufik Rahd, 85 pontos perdidos

Categoria Turismo Iniciante

1º Eduardo Pereira Silva / Maria Beatriz de Andrade Silva, 106 pontos perdidos

2º Marcos dos Santos Costa / Mariana dos Santos Costa, 108 pontos perdidos

3º Ricardo Silva de Farias Oliveira / Wilson Rodrigues Pinto, 120 pontos perdidos

4º Alan Fernando dos Santos / Aldredo Henrique da Mota Moor, 219 pontos perdidos

5º Marcelo Vandresen / Paulo Roberto de Oliveira Júnior, 225 pontos perdidos

Categoria Turismo Light

1º Marcelo Vassoler / João Batista Freitas, 126 pontos perdidos

2º Vinicius Parizotto Gustaman / Felipe Tavares, 161 pontos perdidos

3º Marco Aurélio Santana de Oliveira / Marcos Antônio Couto Neto, 5.685 pontos perdidos

4º Antonio Becchi / Cezar Mariani Ceron, 32.683 pontos perdidos

5º Fernando Mees / Aline Bergmann, 73.106 pontos perdidos

O 12º Transcatarina tem patrocínio de Hotel Renar, SFI Chips e Scherer Auto Peças

Apoio de Mamute Off-Road, Grupo Gratt, Trilha Eurocar, FD Stands e Displays, Lave Bem Lavanderia, Orange Sun – Energia Renovável, Cervejaria Holzbier, Posto Maçã, Guinchos Fixxar, Kindermann Hotel, Vipal Rede Autorizada, RFX Pneus, Auto Elite VW, 3RS Confecções, Univita Saúde, Alfa Transportes, Accert Transportes e Logística, Treze Tílias Park Hotel, Linden – Das Echte Bier, Prefeitura Municipal de Caçador e Prefeitura Municipal de Fraiburgo

Realização: Caçador Jeep Clube

Parceria: SC Racing

Comente aqui