Data: 30/11/2021 09:50 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

América-MG recebe lanterna Chapecoense para manter sonho da Libertadores

Duelo está marcado para a Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro


Crédito: João Victor Zebral / América-MG

Após a zona de classificação da Copa Libertadores mudar de seis para oito posições (G-6 para G-8), o América-MG tem chances reais de conquistar uma vaga. Nesta terça-feira, às 21h, faz um confronto diante da lanterna Chapecoense, que já está rebaixada. O duelo está marcado para a Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para entrar de vez na briga, o América precisa encerrar a sequência de três jogos sem vencer. O time vem de empate sem gols com o Atlético-GO, derrota para o Fluminense por 2 a 0, e nova igualdade diante do Red Bull Bragantino, desta vez por 1 a 1. Assim, aparece em décimo lugar com 46 pontos, três a menos do que o Ceará, sexto colocado. Já a Chapecoense soma 15 pontos e não tem mais chances sequer de deixar a 20ª e última posição.

O técnico Marquinhos Santos deve manter a base da escalação do último jogo, mas precisará fazer ao menos uma mudança. O atacante Zárate levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Fabrício Daniel, que entrou em seu lugar na partida, é a opção mais provável, mas Rodolfo também é alternativa.

Mesmo com a possibilidade de classificação à fase preliminar da Libertadores, Marquinhos Santos segurou a empolgação. "Difícil projetar algo, mas temos que procurar jogar ofensivamente para buscar a vitória. Isso nos coloca em uma possível vaga de Sul-Americana. E, se formos merecedores, na Libertadores, que seria também inédito", ponderou.

Como o jogo diante do Atlético-GO no fim de semana foi adiado, pois o adversário não conseguiu viajar devido ao mau tempo, a Chapecoense teve mais chance para se preparar. A tendência é que o planejamento do técnico interino Felipe Endres seja o mesmo, mantendo a base dos últimos jogos. Uma mudança, porém, pode acontecer no setor defensivo, já que Jordan retorna após cumprir suspensão.

Segundo o técnico, o momento é delicado, mas que o time precisa seguir lutando. "A gente fica triste e lamenta porque estamos trabalhando para ganhar, mas infelizmente não estamos conseguindo a vitória. Ninguém quer viver essa situação, com a pior campanha (na era dos pontos corridos). É um momento muito ruim e delicado, mas seguiremos lutando", prometeu com um velho discurso.

Comente aqui