Data: 25/10/2020 15:50 / Autor: Redação / Fonte: CBV

CIRCUITO BRASILEIRO: Papais olímpicos, Alison e Álvaro Filho ficam com o título

Dupla venceu o confronto com Evandro e Bruno Schmidt por 2 sets a 0 com direito a homenagem aos novos integrantes da família


Álvaro Filho e Alison celebram o ouro da etapa do Circuito Brasileiro
Álvaro Filho e Alison celebram o ouro da etapa do Circuito Brasileiro

Crédito: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV

A manhã deste domingo (25.10) foi de grande emoção para os apaixonados por vôlei de praia. A final da segunda etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open da temporada 2020/2021 colocou em lados opostos da rede as duas duplas classificadas para os Jogos de Tóquio, em julho de 2021. Melhor para Alison e Álvaro Filho (ES/PB), que venceram Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/19), na arena montada no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

Este foi o segundo título da dupla em etapas do tour nacional, antes eles tinham ficado com o ouro em Cuiabá (MT), na segunda parada da temporada 2019/2020. Alison chegou ao 33° título deste tipo no Circuito, enquanto Álvaro alcançou o nono. Aliás, o paraibano, que é pai de primeira viagem - o filho Dom nasceu há pouco mais de duas semanas – foi eleito o melhor em quadra na decisão, comemorou o título e dedicou ao novo herdeiro.

“Estou sem palavras para agradecer ao meu time e ao Alison, especialmente pelo fato de que eles tiveram muita paciência e carinho comigo nesse momento. É minha melhor fase, o momento mais especial da minha vida. Eu quero dedicar este título à minha esposa (Marcella), ao meu filho e à minha família”, disse Álvaro, bastante emocionado.

Ao lado de Álvaro na conquista, Alison mostrou entrosamento dentro e fora de quadra com o parceiro. O gigante capixaba também será pai de uma menina em breve, já que a esposa Tatiana Tristão está grávida de 22 semanas de Catarina. Após a conquista de mais uma etapa na carreira, o atleta enalteceu os adversários da final, e elogiou a estrutura do evento.

“É uma etapa muito especial para nosso time, esse momento é bem mágico. O vôlei de praia brasileiro masculino é muito forte. Tivemos uma partida duríssima na semifinal e sabíamos que hoje não seria diferente, contra o Evandro e Bruno, que vão representar nosso país nos Jogos de Tóquio. Nossa comissão técnica foi incrível, Álvaro jogou demais e estamos felizes por essa evolução. A Confederação Brasileira de Voleibol também está de parabéns pela estrutura incrível que montou aqui, referência mundial, sem dúvida”, contou Alison.

O bronze desta etapa ficou com a dupla que lidera o ranking nacional. André e George (ES/PB), campeões da etapa de abertura, superaram Allison Francioni/Fábio (SC/CE) por 2 sets a 0 (21/10 e 21/18).  O capixaba foi escolhido pelo público como o melhor em quadra, celebrou a medalha e homenageou a mãe, Lilian Loyola, aniversariante do dia.

“Infelizmente hoje não disputamos a final, que era o nosso grande objetivo. Viemos com a cabeça renovada, queríamos muito essa medalha, que é muito importante também. Foi uma etapa diferente com mais vento, com chuva, uma situação diferente da primeira. O George jogou muito, fizemos um jogo muito bom. Na etapa passada eu dediquei a medalha ao meu pai, e hoje a minha mensagem especial é para a minha mãe, que faz aniversário”

Os torcedores puderam eleger os melhores jogadores em quadra de cada partida das disputas de medalha por meio de votação no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as partidas não ficaram sem torcida. Alguns fãs do vôlei de praia tiveram a oportunidade de acompanhar os duelos por meio da “Arquibancasa”. Acessando um convite virtual, os fãs interagiram com o animador e participaram de ações nos intervalos das partidas. O sistema foi exibido em telões na quadra central e trouxe animação e cores para dentro da competição.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa.

A temporada 2020/2021 continua em novembro. Entre os dias 4 e 8 acontece a terceira parada do naipe feminino. As duplas masculinas voltam à ação entre 11 e 15. Os dois torneios acontecerão novamente dentro do CDV, em Saquarema.

CONFRONTOS

BRONZE - André/George (ES/PB) 2 x 0 Allison Francioni/Fábio (SC/CE) (21/10 e 21/18)

OURO – Alison/Álvaro Filho (ES/PB) 2 x 0 Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) (21/19 e 21/19)

Comente aqui