Data: 28/10/2020 18:28 / Autor: Luiz Humberto Monteiro Pereira / Fonte: AutoMotrix

Falando de Transportes e Transportadoras – Nas rotas capixabas


Ônibus elétrico BYD D9F com carroceria Marcopolo Viaggio 1050
Ônibus elétrico BYD D9F com carroceria Marcopolo Viaggio 1050

Crédito: Divulgação

O primeiro ônibus 100% elétrico do Brasil para transporte rodoviário de passageiros rodará nas ruas e estradas do Estado do Espírito Santo. O veículo atendera aos clientes da VIX Logística no serviço de fretamento, para transporte de funcionários de empresas capixabas. Com chassi D9F produzido pela chinesa BYD em sua fábrica de chassis na cidade paulista de Campinas, o ônibus elétrico rodoviário utiliza carroceria Viaggio 1050, fabricada pela Marcopolo. O projeto-piloto, que terá duração de dezoito meses e receberá um investimento total de R$ 6,6 milhões, é composto por um ônibus elétrico e por quatro estações de recarga. O veículo irá operar de forma integrada por meio de uma plataforma de gestão, que permitirá a realização de testes de funcionalidades e do modelo de negócio A EDP é responsável pela gestão geral do projeto, além de prover os serviços de mobilidade elétrica e operação dos carregadores. A VIX Logística será a operadora do ônibus, que fará os testes de funcionalidade e as análises de viabilidade. O projeto foi desenvolvido por meio de uma chamada estratégica de pesquisa e desenvolvimento (P&D), promovido pela ANEEL em 2019. Também participam do consórcio as empresas WEG, como fornecedora das soluções para recarga rápida das baterias de íons de lítio do ônibus, e a Certi, que contribuirá com estudos específicos de mercado, questões regulatórias e análises de viabilidade econômica. Com 12,9 metros de comprimento e capacidade para quarenta e quatro passageiros, o BYD D9F tem potência de até 410 cavalos e dois motores elétricos integrados às rodas do eixo traseiro. O carregamento rápido das baterias é feito em até quatro horas e o veículo tem 350 quilômetros de autonomia.  “Investir em mobilidade elétrica é sempre uma forma eficaz e de grande impacto ao meio ambiente. Cada ônibus a diesel substituído por um elétrico é um ganho para o planeta”, explica Marcello Schneider, diretor da Divisão de Ônibus da BYD Brasil.

Comente aqui