Data: 09/10/2020 17:09 / Autor: Ane Caroline / Fonte: ABCdoABC

Rodada de muitos gols no Brasileirão

Líder Atlético-MG perde e Inter se aproxima


Terminou nesta quinta-feira (09) a 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Veja os principais destaques da etapa:

Corinthians e Santos fizeram o único clássico da rodada na Neo Química Arena. As equipes fizeram jogo fraco, por conta principalmente dos desfalques, e a partida terminou empatada em 1 a 1, gols no primeiro tempo, Madson abriu o placar para o Peixe e Danilo Avelar deixou o marcador igual. Apenas critérios de desempate separam o Corinthians da Zona de Rebaixamento. Já o Santos se mantém no meio da tabela, na 7ª posição.

O jogo com o maior número de gols na rodada foi entre o lanterna Goiás e Fluminense, e quem se deu melhor foi a equipe carioca, que venceu por 4 a 2. Em dia de lei do ex, Rafael Moura abriu o placar para a equipe da casa, e o tricolor reagiu também com a lei do ex, Yago deixou tudo igual. Fred, que fazia seu jogo de número 300 no Flu, virou. Rafael Moura marca de novo e deixa novamente o placar igualado. Nenê e Digão, então, marcam, e confirmam a vitória do Fluminense, afundando ainda mais o Goiás na lanterna (lembrando que o Goiás ainda tem três jogos que foram adiados).

O São Paulo finalmente convenceu jogando em casa contra o Atlético-GO. Depois de uma série de jogos ruins, o tricolor fez bom segundo tempo com destaque de Gabriel Sara e Brenner e venceu por 3 a 0, subindo novamente na tabela e recuperando sua posição no G-4. Resta saber se a equipe vai manter o bom desempenho nas próximas rodadas.

O Flamengo chegou! Com novamente boa atuação de Pedro, que marcou duas vezes, o Rubro-negro venceu o Sport também pelo placar de 3 a 0. O time carioca não está sentindo falta do Gabigol, com as ótimas atuações de Pedro, que já marcou seis vezes na competição, mais do que Gabriel, que foi às redes apenas 5 vezes.

Mais um placar de 3 a 0, e mais uma vez envolvendo um time carioca. Mas dessa vez ele simboliza a derrota do Vasco para o Bahia. Acende-se a luz de atenção no Cruzmaltino, que perdeu três das últimas quatro disputas no campeonato. Os gols do Bahia foram marcados por Gilberto, Rossi e Clayson. O Vasco ainda teve um jogador expulso na partida: Bruno Gomes.

O Palmeiras foi até o Engenhão enfrentar o Botafogo. A equipe carioca estava há 10 jogos sem vencer, série que foi quebrada nesta quarta-feira, pois o Botafogo venceu o Verdão por 2 a 1, com direito a gol validado pelo VAR e pênalti defendido pelo goleiro Diego Cavalieri. Willian, que perdeu o pênalti marcou o único gol do Palmeiras na partida. Os gols do Fogão foram marcados por Pedro Raul e Caio Alexandre. Fim da invencibilidade do Palmeiras no campeonato.

O Red Bull Bragantino recebeu o Internacional para tentar escapar da Zona da Degola. Com atuação superior do Colorado, e dois gols marcados pelo artilheiro Thiago Galhardo, o Inter venceu a equipe paulista por 2 a 0. Com a vitória, o Colorado cola mais uma vez no líder, e o Bragantino fica na vice-lanterna.

E não foi uma boa rodada para o líder Atlético-MG. A equipe foi até o Castelão enfrentar o Fortaleza de Rogério Ceni. Em grande jogo, o Leão abriu o placar com David, mas teve um jogador (Felipe) expulso e viu o Galo empatar ainda na primeira etapa com Sasha. Mas o time da casa não se deixou abater com a desvantagem e garantiu a vitória no final do segundo tempo com Bruno Melo. Vitória de Rogério Ceni em embate pessoal contra Sampaoli! E o Galo Mineiro viu sua vantagem sobre o segundo colocado Internacional diminuir para dois pontos.

O Grêmio enfrentou, em casa, o Coritiba. E, mostrando que não veio para brincadeiras, aos 10 minutos de jogo o placar já estava 2 a 0 (gols de Luiz Fernando e David Braz). O Coxa cresceu e conseguiu diminuir com Nathan Silva, mas não foi suficiente para garantir pontos. Fim de jogo, placar de 2 a 1 para a equipe carioca. No final da partida ainda, Marcelo Oliveira anunciou sua aposentadoria dos gramados, assumindo agora o cargo de coordenador técnico no Grêmio.

O último jogo teve poucas chances de gol e terminou empatado em 0 a 0. Ruim para as duas equipes, Athletico-PR e Ceará, que ficam fora da Zona de Rebaixamento apenas por critérios de desempate.

Uma curiosidade é que seis equipes têm a mesma pontuação, 15 pontos, sendo a primeira delas o Athletico, na 12ª posição e a última o Botafogo, na Zona de Rebaixamento.

SELEÇÃO DA RODADA

Diego Cavalieri (BOT); Gabriel Dias (FOR), Digão (FLU), Gustavo Henrique (FLA) e Filipe Luís (FLA); Ronald (FOR), Edenílson (INT), Gerson (FLA) e Thiago Galhardo (INT); Brenner (SAO) e Pedro (FLA – Cara da rodada). Técnico: Rogério Ceni (FOR).

*A Seleção da Rodada é escolhida através de voto popular nas redes sociais.

G-4

  1. Atlético-MG – 27 pontos
  2. Internacional – 25 pontos
  3. Flamengo – 24 pontos
  4. São Paulo – 23 pontos

Z-4

17. Botafogo – 15 pontos

18. Coritiba – 12 pontos

19. Bragantino – 12 pontos

20. Goiás – 9 pontos

ARTILHARIA

Thiago Galhardo (INT) – 12 gols

Marinho (SAN) – 8 gols

Cano (VAS) – 7 gols

Keno (CAM) – 7 gols

Crédito: Ricardo Duarte/Internacional

Comente aqui