Data: 25/11/2021 17:06 / Autor: Redação / Fonte: CBV

SUPERLIGA FEMININA 21/22: Duelo das maiores pontuadoras marca sétima rodada do turno

Osasco São Cristóvão Saúde, de Tifanny, recebe o Sesi Vôlei Bauru, de Nia Reed, às 21h desta sexta-feira, no José Liberatti, em Osasco (SP). SporTV 2 transmite ao vivo


Tifanny é a segunda maior pontuadora da competição
Tifanny é a segunda maior pontuadora da competição

Crédito: Divulgação/CBV/@carol_fotografia

A sétima rodada do turno da Superliga 21/22 feminina tem o confronto entre as duas maiores pontuadoras da competição. Nesta sexta-feira (26.11), o Osasco São Cristóvão Saúde (SP), de Tifanny, recebe o Sesi Vôlei Bauru (SP), de Nia Reed, às 21h, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). O SporTV 2 transmite ao vivo.

As duas opostas têm sido destaque na competição. No momento, a norte-americana Nia Reed é a maior pontuadora da Superliga, com 126 pontos. Logo na sequência aparece Tifanny, com 120 pontos.

O confronto com o Osasco será uma batalha. Elas formam uma equipe experiente com uma grande torcida. Temos a oportunidade de atuar e competir em alto nível. Vamos precisar estar focadas, com confiança e unidas. Tem tudo para ser um jogo emocionante”, afirma Nia Reed, que ainda comenta sobre sua primeira temporada no Brasil.

“Ainda temos áreas para melhorar como equipe, mas isso é normal no início de trabalho. Tenho muita confiança no nosso grupo e no sucesso do time com o decorrer dos jogos. Já mostramos resiliência, confio nos nossos treinos para termos grandes resultados”, analisa Nia Reed.

No Osasco São Cristóvão Saúde, a oposta Tifanny chama a atenção para a união do time comandado pelo treinador Luizomar de Moura que venceu na última rodada o Pinheiros por 3 sets a 0.

“É um dos jogos mais importantes entre dois times que brigam pela parte de cima da tabela. É confronto direto contra uma equipe muito bem treinada. A Nia Reed tem jogado muito bem e vamos precisar dar uma atenção especial para ela. Prefiro ganhar um jogo do que ser a maior pontuadora da partida. Quero que a minha equipe continue jogando unida. Contra o Pinheiros jogamos juntas e isso fez toda a diferença” explica Tifanny.

Todos os jogos da Superliga seguem um rígido protocolo de segurança elaborado pela CBV. Para acesso aos ginásios, o torcedor deve apresentar comprovação oficial de vacinação plena ou teste RT-PCR negativo realizado até 72 horas antes da partida/teste de antígeno negativo realizado até 24 horas antes da partida. Na entrada do ginásio haverá aferição de temperatura corporal e o uso de máscara é obrigatório durante todo o evento. Os clubes têm a responsabilidade de cumprir o protocolo de segurança e as exigências sanitárias de cada município.

SUPERLIGA 21/22

Sétima rodada do turno

25.11 (QUIINTA-FEIRA) – Unilife-Maringá (PR) x Curitiba Vôlei (PR), às 20h, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR) – Canal Vôlei Brasil

26.11 (SEXTA-FEIRA) – Brasília Vôlei (DF) x Pinheiros (SP), às 19h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) – Canal Vôlei Brasil

26.11 (SEXTA-FEIRA) – Osasco São Cristóvão Saúde (SP) x Sesi Vôlei Bauru (SP), às 21h, no José Liberatti, em Osasco (SP) – SporTV 2

26.11 (SEXTA-FEIRA) – Country Club Valinhos (SP) x Sesc RJ Flamengo (RJ), às 16h, na Arena Country, em Valinhos (SP) – SporTV 2

26.11 (SEXTA-FEIRA) – Fluminense (RJ) x Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no ginásio do Fluminense, no Rio de Janeiro (RJ) – Canal Vôlei Brasil

26.11 (SEXTA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) x Barueri Volleyball Club (SP), às 18h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – SporTV 2

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Comente aqui