Data: 17/09/2021 19:53 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Diadema

Diadema conquista 15º Prêmio Estadual pelas ações de controle da Tuberculose

O prêmio existe há 20 anos e, desde 2006, o município é reconhecido pelo Fórum Estadual de Tuberculose por apresentar índices de cura maiores de 85%


Crédito: Adriana Horvath

O empenho das equipes de saúde na realização de ações de diagnóstico, tratamento e cura da tuberculose em Diadema foi, pelo 15º ano consecutivo, reconhecido. Ontem (16/09), a cidade recebeu o Prêmio de Qualidade nas Ações de Controle da Tuberculose (TB) durante a realização do Fórum Estadual de Tuberculose, promovido pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado.

A premiação é concedida a municípios que ultrapassaram os 85% de cura de casos novos da doença em moradores da cidade e que foram diagnosticados em 2020. Diadema foi premiada na categoria “municípios com 100 casos novos ou mais”, junto com outras três cidades da Região Metropolitana: Taboão da Serra, Embu das Artes e São Bernardo do Campo (SBC). Na região do Grande ABC, apenas Diadema e SBC receberam o prêmio.

Em 2020, foram curados 118 casos novos dos 138 casos do ano de tuberculose em residentes em Diadema, o que representa 85,5% de cura. O número atende a Organização Mundial de Saúde (OMS), que estabelece índice de cura acima dos 85%. 

“Em nome de toda equipe da Epidemiologia e Controle de Doenças (ECD) parabenizo a Drª Iriane e enfermeira Viviane, do Programa Municipal de Tuberculose, por todo empenho para esse resultado pelo 15º ano consecutivo, e agradeço a todas as equipes das UBS por todo esforço para a melhoria da qualidade da assistência. O trabalho conjunto sempre faz a diferença”, afirmou Keila Cristina da Silva, coordenadora da ECD.

Durante a leitura dos premiados, Laedi Alves Rodrigues dos Santos, médica e coordenadora do Programa de Controle da Tuberculose na Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, parabenizou Diadema pelo empenho na busca dos pacientes sintomáticos respiratórios e a dedicação com o tratamento tem sido feito na cidade. “Diadema foi atrás dessas pessoas, a cidade tinha casos que tinham ido para outro Estado. Então, a equipe entrou em contato com o paciente, fez essa busca ativa e a pessoa foi curada. É de tirar o chapéu para as quatro cidades que tinham mais de 100 casos e conseguiram mais 85% de cura”.

A coordenadora da Atenção Básica, Maria Luiza Malatesta, lembrou dos desafios impostos pela pandemia causada pelo novo coronavírus e o quanto as equipes tiveram que se superar para atingir a meta. “A coordenação da Atenção Básica parabeniza todos os profissionais pelo empenho e dedicação no monitoramento e rastreamento da tuberculose, que mesmo diante um cenário de pandemia manteve a busca ativa de pacientes, garantindo acompanhamento e integralidade do cuidado, cumprindo com seu dever sanitário no controle e enfrentamento da doença”.

O evento foi transmitido via YouTube, no canal “Vigilância em Saúde em Pauta”, do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de São Paulo e está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=6rncGJ-xFR8

Comente aqui