Data: 01/12/2021 20:52 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Mauá

Mauá abre as 23 UBSs no sábado (4/12) para vacinar contra a Covid

Podem ser imunizados todos os públicos incluídos na campanha, das 9h às 16h


Crédito: Edu Guimarães / PMM

Neste sábado (04/12), Mauá promove mais uma força-tarefa para ampliar o número de imunizados contra a Covid. As 23 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) irão aplicar vacinas, das 9h às 16h, em todos os públicos incluídos na campanha. Até esta quarta-feira (1º/12), o município imunizou 669.829 pessoas.

Assim como no fim de semana anterior, os agentes comunitários de saúde das UBSs Feital, Macuco, Paranavaí e Zaíra 1 irão bater de porta em porta atrás de pessoas que ainda não estão imunizadas.

Para receber qualquer dose não é mais necessário apresentar o comprovante de residência na cidade no local de vacinação.

Munícipes com 18 anos ou mais que tomaram a primeira dose do imunizante da Pfizer há 21 dias já podem receber a segunda. Se o intervalo for superior a três semanas, a pessoa também está apta. Para jovens de 12 a 17 anos, somente depois de 56 dias.

Maiores de 18 anos imunizados com AstraZeneca podem tomar a segunda dose em 56 dias, exceto aqueles com viagem próxima para o exterior — o intervalo é reduzido para 28 dias, desde que comprovada a viagem. Quem tomou CoronaVac tem condições de receber a segunda dose após 28 dias.

Os munícipes com 18 anos ou mais que tomaram a vacina da Janssen (dose única) há dois meses (61 dias) poderão receber a Pfizer como reforço – em caso de indisponibilidade poderá ser utilizado outro imunizante. Cerca de 30 mil pessoas estão aptas a ganhar a dose adicional em dezembro.

Para os imunossuprimidos acima de 18 anos (a lista está no link http://t.ly/y7Gg) que receberam a Janssen, o reforço é depois de 28 dias — o mesmo para os integrantes deste grupo que tomaram outros imunizantes.

As pessoas acima de 18 anos que completaram o ciclo vacinal (primeira e segunda doses) há cinco meses, entre eles os profissionais de saúde, independentemente da marca da vacina, também estão aptas a ganhar a dose adicional.

Munícipes com viagem próxima a países que não aceitam as duas doses de CoronaVac podem ganhar o reforço após 28 dias.

É fundamental apresentar o comprovante de imunização e documento com foto (CNH ou RG) no local de vacinação.

Os menores de 12 a 17 anos devem estar acompanhados de responsável e com a carteira de vacinação atualizada.

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha 'Mauá na luta contra a fome' no dia em que for se vacinar. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa.

A Prefeitura reforça o pedido às pessoas seguirem com os cuidados sanitários. Use corretamente a máscara, mantenha a higiene das mãos frequentemente e o distanciamento físico. Evite aglomerações.

Comente aqui