Data: 11/09/2021 20:26 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Mauá aplica mais de 4.600 doses em mutirão de vacinação contra a Covid

Ação deste sábado (11/09) ocorreu nas UBSs e teve carro da vacina; vacinação continua durante a semana nas 23 UBSs, das 9h às 15h30


Em mutirão de imunização contra a Covid, realizado neste sábado (11/09), Mauá aplicou 4.665 vacinas – 3.923 da segunda dose. A iniciativa, aberta ao público, teve como foco a antecipação da segunda dose aos participantes do 'Arraiá da Vacinação', ocorrido em 26 de junho nos estacionamentos da Prefeitura.     

As UBSs (Unidades Básicas de Saúde) funcionaram das 9h às 16h, mesmo horário em que o serviço itinerante de vacinação percorreu os bairros, imunizando os maiores de 18 anos, e aplicou 61 doses.

Morador do Santa Lídia, o designer Eduardo Jacinto, de 40 anos, conseguiu tomar a segunda dose antes do prazo estabelecido. “Saí no lucro”, brincou. “Agora me sinto mais protegido”, emendou.

A assistente administrativa Jeane Nascimento Cardoso, 41, também pôde completar o ciclo vacinal. “A imunização permite que as pessoas voltem a se reunir”, disse ela, que recebeu a segunda dose durante a passagem do carro da vacina pelo Feital, onde mora.

A vacinação contra a Covid continua durante a semana nas 23 UBSs, das 9h às 15h30, de segunda a sexta. A tenda sanitária da Praça 22 de Novembro aplica doses das 17h às 20h (somente aos maiores de idade). Munícipes com a segunda dose marcada até o dia 18 deste mês podem antecipar a vacinação.

O pré-cadastro no site Vacina Já (https://vacinaja.sp.gov.br/) é obrigatório, pois agiliza o atendimento. Somente serão imunizados os moradores do município e que apresentem o comprovante de residência em nome do morador, dos pais, ou do marido ou da esposa (com cópia da certidão de casamento para comprovar). Todos devem levar CPF e documento com foto (CNH ou RG).

Os menores de idade devem estar acompanhados de responsável e munidos da carteira de vacinação atualizada. Quem for tomar a segunda dose não deve esquecer o comprovante da primeira.

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha 'Mauá na luta contra a fome' no dia em que for tomar a vacina. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa.

A Prefeitura de Mauá reforça o pedido às pessoas continuarem com os cuidados sanitários. Usem corretamente a máscara, mantenham a higiene das mãos frequentemente e o distanciamento físico. Evitem aglomerações.

A vacinação do designer Eduardo Jacinto no Jardim Santa Lídia foi acompanhada pelo prefeito Marcelo Oliveira que percorreu várias UBSs neste sábado
A vacinação do designer Eduardo Jacinto no Jardim Santa Lídia foi acompanhada pelo prefeito Marcelo Oliveira que percorreu várias UBSs neste sábado

Crédito: Edu Guimarães/PMM

Comente aqui