Data: 25/11/2021 17:28 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Mauá imuniza contra a Covid em quatro UBSs neste sábado (27)

Unidades Feital, Macuco, Paranavaí e Zaíra 1 vacinam das 9h às 16h


Crédito: Governo do Estado de São Paulo

A vacinação contra a Covid em Mauá terá sequência neste fim de semana. No sábado (27/11), quatro UBSs (Unidades Básicas de Saúde) — Feital, Macuco, Paranavaí e Zaíra 1 — aplicarão doses em todos os públicos incluídos na campanha, das 9h às 16h. Os agentes comunitários de saúde dessas unidades irão de casa em casa em busca de pessoas que ainda não estão imunizadas. Até esta quinta-feira (25/11), o município aplicou 661.965 doses de vacinas.

Munícipes com 18 anos ou mais que tomaram a primeira dose do imunizante da Pfizer há 21 dias já podem receber a segunda. Se o intervalo for superior a três semanas, a pessoa também está apta. O prazo para jovens de 12 a 17 anos é de 56 dias.

Maiores de 18 anos imunizados com AstraZeneca podem tomar a segunda dose em 56 dias, exceto aqueles com viagem próxima marcada para o exterior. Neste caso, o intervalo cai para 28 dias, desde que comprovada a viagem. Quem tomou CoronaVac tem condições de receber a segunda dose após 28 dias.

A dose de reforço está sendo oferecida a munícipes com 18 anos ou mais. É preciso ter sido vacinado com a segunda dose ou a única há cinco meses, no mínimo. Imunossuprimidos acima de 18 anos (a lista está no link http://t.ly/y7Gg) devem esperar 28 dias após a última dose do esquema de imunização (segunda ou única).

Os profissionais de saúde que completaram o ciclo vacinal em Mauá há pelo menos cinco meses também estão aptos a ganhar o reforço. Pessoas desse grupo imunizadas em outras cidades precisam apresentar o comprovante de endereço no município.

Os menores de 12 a 17 anos devem estar acompanhados de responsável e com a carteira de vacinação atualizada. Todos precisam levar CPF e documento com foto (CNH ou RG), além do comprovante de vacinação.

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha 'Mauá na luta contra a fome' no dia em que for se vacinar. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa.

A Prefeitura reforça o pedido às pessoas seguirem com os cuidados sanitários. Use corretamente a máscara, mantenha a higiene das mãos frequentemente e o distanciamento físico. Evite aglomerações.

Comente aqui