Data: 28/01/2022 16:32 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Dois pássaros são salvos em Ribeirão Pires nesta sexta

Equipe Ambiental da cidade realizou o resgate das duas aves, ambas foram atacadas por outros pássaros


 A maritaca possui machucados, porém está bem e pode ser solto nos próximos dias
A maritaca possui machucados, porém está bem e pode ser solto nos próximos dias

Crédito: PMETRP

A Secretaria de Meio Ambiente, Habitação e Desenvolvimento Urbano de Ribeirão Pires, por meio do Departamento de Proteção à Fauna e Bem Estar Animal, realizou na manhã desta sexta-feira, dia 28, o resgate de dois pássaros: um Periquito-Rico encontrado na Santa Luzia e uma Maritaca que foi entregue por um munícipe. 

As duas aves foram encontradas no chão do quintal de munícipes que acionaram o departamento. Ao chegarem à base, eles foram avaliados e medicados, para tratar seus ferimentos causados por possíveis ataques de outros pássaros, apesar dos ferimentos, eles estão se recuperando bem e devem ser reinseridos à natureza depois da recuperação.

Periquito-rico - Também conhecido como periquito, periquito-verdadeiro e periquito-verde a ave mede algo em torno de 21 centímetros. Ela também é comum em florestas, parques e jardins estando presente em quase toda a costa brasileira, do nordeste ao sul do Brasil, porém é mais comum nos estados de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro.

Maritaca - Também chamado de maitaca, baitaca, cocota, humaitá, maitá, sôia, suia, caturrita, entre outros nomes, o animal é típico do Brasil, estando presente principalmente nos estados do Sudeste do país. Sendo uma ave de médio porte, ela costuma ter em média 32 centímetros.

Para resgates, denúncias ou entregas voluntárias os números do departamento para contato são: 4824-4197 ou 97211-1112, este último também aceita mensagens via WhatsApp.

O periquito passou por exames e foi medicado e deve voltar à vida selvagem assim que se recuperar
O periquito passou por exames e foi medicado e deve voltar à vida selvagem assim que se recuperar

Crédito: PMETRP

Comente aqui