Data: 07/12/2021 19:29 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Ribeirão Pires

Ribeirão Pires qualifica profissionais para setor da construção civil

Por meio de parceria com Sebrae Empreenda Rápido e instituições renomadas, Secretaria de Educação amplia oportunidades para moradores


Crédito: Divulgação PMETRP

A Secretaria de Educação de Ribeirão Pires, por meio de parceria com o programa Sebrae Empreenda Rápido e instituições apoiadoras, como o SENAI, iniciou neste segundo semestre cursos de formação profissional ofertados gratuitamente aos moradores. A área da construção civil e cadeia de serviços para o setor imobiliário estão entre os destaques, com atividades voltadas à pintura, elétrica e jardinagem.

Nesta terça-feira, dia 7, alunos do curso “Seja Um Pintor Profissional”, ministradas no CRAS do Jardim Caçula, em parceria com a Secretaria de Assistência, Participação e Inclusão Social, receberam certificação. “Um orgulho para nós participar de um momento que, apesar de para muitos ser simples, tem imenso significado. Este é o final de uma formação, mas o início de uma nova etapa, que esperamos que seja de crescimento. E que cada um desses alunos, desses moradores, siga se aperfeiçoando, buscando novas oportunidades”, explicou a secretária de Educação de Ribeirão Pires, Rosi Ribeiro de Marco

Enquanto o grupo do CRAS Caçula conclui o ciclo de aprendizado, uma nova turma do curso de pintura para a construção civil começa na região central, na E.M. Prof. Valberto Fusari. Nesta segunda-feira, dia 6, também pela parceria com Sebrae e SENAI, a Secretaria de Educação iniciou curso noturno oferecido gratuitamente.

Aos 22 anos, a moradora do Jardim Iramaia, Bruna Sales da Silva, encontrou nos cursos gratuitos um novo horizonte de possibilidades, tanto pessoais, quanto profissionais. “Como mulher, temos uma dificuldade muito grande, de depender de uma outra pessoa. E eu moro sozinha. Então pensei que essa seria minha oportunidade, fazer curso perto da minha casa”, disse Bruna, que além do curso de pintura, está participando da formação na área de elétrica ministrada no Centro de Formação Professor Paulo Freire, no Santa Luzia. 

“Pensei que teria somente homens na turma ne tive medo. Graças a Deus eu e minha irmã conseguimos nos inscrever para a elétrica. Eu percebi que consigo fazer isso sozinha e agora, como perdi o medo, decidi fazer pintura. Já estou apaixonada e achando incrível, de coração”, contou Bruna, que é autônoma.

Comente aqui