Data: 25/05/2022 16:29 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Vigilância Epidemiológica de Ribeirão Pires promove capacitação sobre vacinas

Ação é destinada aos enfermeiros das 10 Unidades Básicas de Saúde e da Família; Objetivo é qualificar os profissionais sobre cada tipo de imunizante


Enfermeiros das 10 Unidades Básicas de Saúde e da Família estão sendo capacitados durante esta semana na Secretaria de Saúde
Enfermeiros das 10 Unidades Básicas de Saúde e da Família estão sendo capacitados durante esta semana na Secretaria de Saúde

Crédito: PMETRP

A Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires, através do Departamento de Vigilância Epidemiológica, está promovendo nesta semana a capacitação dos enfermeiros das 10 Unidades Básicas com relação às vacinas disponíveis no Sistema Único de Saúde.

Nesta quarta-feira, dia 25, os enfermeiros tiveram uma apresentação de cada uma das vacinas disponíveis nas Unidades, entre elas a da febre amarela, hepatite A, e BCG, o período de aplicação e público-alvo, além de possíveis eventos adversos que possam ocorrer durante ou após o processo de imunização.

Comandado pela enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Marciléia Trovo, foi solicitado que as enfermeiras prestassem bastante atenção e orientassem principalmente as mães com relação à vacina BCG. “O processo de inflamação depois da aplicação da BCG varia de seis a 10 semanas. Então é normal que durante esse processo de evolução da cicatrização, tenha o aparecimento de pus, úlcera e depois crie uma pequena crosta. É importante reforçar que não se pode passar pomada, borra de café, ou colocar band aid. É uma cicatriz que vai se formar com o tempo e todas essas etapas fazem parte do processo”, explicou.

Na próxima sexta-feira, dia 27, a capacitação abordará a aplicação da vacina antirrábica para humanos e o CRIE (Centro de Referência para Imunobiológico Especial).

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Marciléia Trovo, é a responsável pela capacitação
A enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Marciléia Trovo, é a responsável pela capacitação

Crédito: PMETRP

Comente aqui