Data: 07/07/2021 16:47 / Autor: Paloma Alvarez Alonso / Fonte: Semasa

Fiscalização Ambiental e GCM autuam infrator por descarte irregular na Av. Lauro Gomes

Veículo foi retido e responsável também deverá realizar a limpeza do local


Fiscalização Ambiental e GCM autuam infrator por descarte irregular de isopor na avenida Lauro Gomes
Fiscalização Ambiental e GCM autuam infrator por descarte irregular de isopor na avenida Lauro Gomes

Crédito: Divulgação/ Semasa

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da sua equipe de Fiscalização Ambiental, com apoio da Guarda Civil Municipal e do monitoramento realizado pelo COI (Centro de Operações Integradas) da Prefeitura de Santo André, identificou um caminhão responsável pelo descarte ilegal de grande quantidade de isopor, na avenida Lauro Gomes, junto às margens do Córrego dos Meninos.

Por meio do monitoramento do COI, os agentes conseguiram acompanhar o horário da infração e verificar o veículo descarregando os materiais. O crime ambiental ocorreu na última madrugada e o caminhão foi localizado pela equipe na manhã desta quarta-feira (7), a 300 metros do local do descarte.

“As equipes da autarquia, com apoio da GCM, têm atuado fortemente na região da Vila Sacadura Cabral, principalmente nos pontos próximos ao córrego dos Meninos, e que sofrem frequentemente com descartes irregulares de resíduos. Queremos que estes infratores saibam que em Santo André não vamos mais tolerar este tipo de crime ambiental”, afirma o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

Pela infração ambiental, a Fiscalização do Semasa emitiu Auto de Infração Ambiental (multa) ao responsável no valor de R$ 21.462,50. Além disso, o veículo também foi apreendido e o proprietário só poderá reaver o caminhão após assinatura de Termo de Compromisso. O infrator também deverá proceder com a limpeza do local.

"A sinergia entre os órgãos fiscalizadores da Prefeitura,  somada aos investimentos em inteligência,  materializados no COI, fruto de uma política austera de combate à criminalidade, enfatizando os ilícitos ambientais,  tem levado a excelentes resultados tanto na repressão quanto na prevenção de irregularidades diversas", afirmou o secretário de Segurança Cidadã, Edson Sardano.

O descarte irregular de lixo é um crime ambiental passível de multa e até mesmo detenção. A multa pode chegar a 10 mil FMPs (Fator Monetário Padrão). No último domingo (4), o Semasa autuou outro veículo que também descartava entulho, na Av. Lauro Gomes.

Comente aqui