Data: 27/05/2022 11:32 / Autor: Marcos Imbrizi / Fonte: Secom PSA

Ossa dá inicio ao projeto Brasil de 22 a 22 com concerto no Cine Carlos Gomes

Apresentação será neste domingo, terá duas composições escritas especialmente para a Orquestra; entrada gratuita será por ordem de chegada


Ossa no Cine Carlos Gomes
Ossa no Cine Carlos Gomes

Crédito: Angelo Baima/PSA

Neste domingo (29), a Orquestra Sinfônica de Santo André (Ossa) dá início a mais um ação inédita: o Projeto Brasil de 22 a 22, que resgata série de datas comemorativas, como o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e o bicentenário da Independência do Brasil (1822). A apresentação será às 11h, no Cine Theatro de Variedades Carlos Gomes, com duas composições escritas especialmente para a orquestra. Entrada gratuita por ordem de chegada.

Idealizador do projeto e regente da Ossa, o maestro Abel Rocha lembra que durante os dois anos nos quais as atividades presenciais foram suspensas em virtude da pandemia, a Sinfônica de Santo André solicitou a compositoras e compositores brasileiros a composição de uma peça inédita a ser estreada pela orquestra, que representasse sua visão do que a música de concerto pode oferecer neste momento. Ele destaca ainda o fato de a programação online da Ossa, realizada durante a pandemia, recebeu o Grande Prêmio Concerto 2020 – Reinvenção na Pandemia, da revista Concerto, especializada em música instrumental.

A programação deste ano da Sinfônica de Santo André com o novo projeto traz a estreia de 15 novas composições, escritas especialmente para a orquestra por compositoras e compositores brasileiros dos mais diversos e variados perfis. Compostas em gêneros, estilos, tradições e formações distintas, cada uma oferece sua visão do significado de ser moderno, ser contemporâneo, ser brasileiro. As composições serão apresentadas no decorrer da temporada de 2022 e, posteriormente, nos canais virtuais da Sinfônica de Santo André.

“Esta é a nossa contribuição para mostrar a forma como a música instrumental pode retratar o Brasil neste começo de século 21, tendo como referência os significados do movimento modernista de 1922, dos dois anos de pandemia, da independência de 1822, da circum-navegação realizada no entorno do nosso planeta em 1522”, explica o maestro.

O concerto de domingo terá entrada gratuita. A acomodação do público será feita por ordem de chegada, com abertura do espaço às 10h30. Sugere-se a doação de peças roupas ou cobertores para a Campanha do Agasalho 2022 do Fundo Social de Solidariedade de Santo André.

Os compositores e suas obras - Léa Freire é compositora, pianista e flautista, criadora do selo Maritaca Discos, com mais de cinquenta títulos lançados.

Em Trânsito foi escrita para a Marginal do Tietê, saudade dos congestionamentos, do stress, do caos, depois de 2 anos de pandemia e isolamento social. Saudade de estar atrasada para o vôo em Cumbica, presa no trânsito. Então procurei os sons de trânsito como buzinas, sirenes, motores, linhas melódicas para bicicletas, motos, caminhões, ambulâncias e afins, representando o desejo de ir, de estar em movimento, estar no gerúndio: indo, tocando, correndo, vivendo.

Dino Barioni é guitarrista, arranjador e produtor musical, que tem como estilos fundamentais o jazz e o choro e executa também bandolim, violão de sete cordas e viola caipira. Tem acompanhado artistas brasileiros de destaque no cenário nacional.

A Fábula dos Pirilampos, estruturada quase como uma rapsódia, faz menção a ritmos brasileiros, com um certo caráter contemplativo de uma “dança dos vagalumes” à noite.

Ronaldo Miranda é um dos mais executados compositores vivos da atualidade, com suas óperas, canções, música de câmera e sinfônica fazendo parte da programação de todos os grandes teatros brasileiros.

Sua Sinfonia 2000 foi comissionada pelo Ministério da Cultura para as comemorações dos 500 anos do Descobrimento do Brasil realizadas no ano de 2000. Composta em três movimentos, faz alusões emotivas à cultura brasileira. Seu terceiro movimento, por exemplo, constrói uma série de variações sobre canções folclóricas brasileiras.

Programação premiada - O maestro Abel Rocha destaca ainda a premiação que a Ossa recebeu da revista Concerto, publicação especializada em música instrumental à Ossa pela programação online realizada durante o período da pandemia. O Grande Prêmio Concerto 2020 – Reinvenção na Pandemia, foi concedido por ações digitais como Microestreias da Quarentena, Trilogia Trancafiada e a micro-ópera O Guarani, todas com direção artística do maestro Abel Rocha. Estes trabalhos estão disponíveis no canal do YouTube da orquestra.

Serviço:

Concerto da Orquestra Sinfônica de Santo André – Projeto Brasil 22 a 22 - Direção Artística e Regência Abel Rocha

Cine Theatro de Variedades Carlos Gomes - Rua Senador Flaquer, 110 - Centro

Domingo, 29 de maio, 11h

Entrada gratuita. Abertura do espaço às 10h30

Sugere-se a doação de peças roupas ou cobertores para a Campanha do Agasalho 2022 do Fundo Social de Solidariedade de Santo André.

Programa do concerto 

Em Trânsito. (Projeto Brasil de 22 a 22) - Lea Freire.

A Fábula dos Pirilampos. (Projeto Brasil de 22 a 22) - Dino Barioni.

Sinfonia 2000 - Ronaldo Miranda:

I. Solene e Lírico

II. Lúdico

III. Tema e Variações

Comente aqui