Data: 15/09/2021 20:14 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Santo André

Sabesp comemora 2 anos em Santo André e o abastecimento no Recreio da Borda do Campo

Companhia leva água a bairro do município que antes era atendido por caminhões-tanque, beneficiando 10 mil moradores


Crédito: Angelo Baima / PSA

A Prefeitura de Santo André e a Sabesp fizeram nesta quarta-feira (15) uma visita ao Recreio da Borda do Campo, bairro agora abastecido por água da Companhia depois das obras que beneficiaram os cerca de 10 mil moradores. O evento faz parte de uma série de atividades para comemorar os dois anos da chegada da Sabesp ao município e o trabalho que melhorou os serviços de saneamento da cidade, levando mais qualidade de vida à população.

"A questão da água na cidade não era resolvida porque nós tínhamos um passivo com a Sabesp de R$ 3,5 bilhões. Resolvemos essa questão e os frutos podem ser observados nos investimentos realizados no saneamento na cidade", afirmou o prefeito Paulo Serra.

A Sabesp assumiu oficialmente a operação do abastecimento e da coleta e tratamento de esgoto de Santo André em 11 de setembro de 2019 e logo iniciou as obras no Recreio da Borda do Campo. O objetivo era levar água de qualidade às torneiras do bairro, onde os imóveis eram abastecidos semanalmente por caminhões-tanque. Com investimentos de R$ 14 milhões, a Sabesp implantou 30 km de redes e fez 2,5 mil ligações de água, garantindo o abastecimento total do bairro. As obras incluíram ainda a instalação de equipamentos para bombeamento da água no Recreio da Borda do Campo e adequações operacionais para dar segurança ao serviço de abastecimento.

Durante a visita, a Sabesp anunciou ainda o início das obras de implantação do sistema que vai coletar e tratar todo o esgoto gerado no bairro. Os trabalhos começarão em 2 de setembro e preveem a instalação de quatro estações para bombeamento do esgoto e redes, com investimento de R$ 15 milhões.

Nesses dois anos de atividades em Santo André, a Sabesp implantou redes de água no Parque América, bairro próximo ao limite com o município de Rio Grande da Serra, que também era abastecido por caminhões-tanque. Com investimentos de R$ 2,5 milhões, foram implantados 7 km de redes de água e feitas 500 ligações, beneficiando duas mil pessoas

Desde que o início da operação em Santo André, a Sabesp já investiu R$ 110 milhões em abastecimento e na coleta e tratamento de esgoto. Além de fornecer água a bairros que antes não dispunham nem mesmo de rede, a Companhia também iniciou no município a implantação do Água Legal, programa para levar abastecimento a áreas informais que foi reconhecido pela Rede Brasil do Pacto Global, da ONU. A ampliação do esgotamento sanitário contribui para a despoluição de córregos do município, beneficiando o meio ambiente

O contrato da Sabesp com a Prefeitura por 40 anos prevê investimento em Santo André de cerca de R$ 917 milhões durante o período. O município também vai receber da Companhia recursos transferidos ao Fundo Municipal de Saneamento (FMSA) num total de R$ 622 milhões, o que eleva o investimento para R$ 1,539 bilhão. A Companhia também investe no combate a perdas de água.

Comente aqui