Data: 24/01/2022 09:31 / Autor: Redação / Fonte: Reis e Rainhas do Drible

Camisa 10 do Corinthians, Gabi Zanotti faz estreia no Reis e Rainhas do Drible

Competição que valoriza o futebol arte será realizada dia 30 de janeiro, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista


Meio-campista é a 10 do Timão
Meio-campista é a 10 do Timão

Crédito: Divulgação

A sétima edição do Reis e Rainhas do Drible, a segunda com a presença de mulheres em quadra, terá a participação de uma camisa 10 de peso do futebol nacional. Trata-se de Gabi Zanotti, meio-campista do Corinthians. A competição, em que dribles valem mais do que os gols, está marcada para o dia 30 de janeiro, no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Capixaba de 36 anos, Gabi Zanotti é atual campeã brasileira, da Libertadores e do Paulista feminino em 2021 pelo Corinthians. Há quase 20 anos jogando profissionalmente, já teve passagem por diversos times do Brasil e também de países do exterior, como Estados Unidos, Coréia do Sul e China.

"Sempre gostei de assistir a esses desafios. Creio que todos os apaixonados por futebol e suas derivações também gostam do evento, porque engloba um pouco de tudo. Gols, magia e o futebol arte. Isso é o Reis e Rainhas do Drible, com as principais estrelas dessa modalidades", avalia Gabi Zanotti.

"Será um dia fantástico e de muita resenha. O Falcão, por exemplo, sempre foi um ídolo e estar em quadra com ele será incrível. Se estiver no mesmo time, melhor ainda", deseja Gabi, que fala sobre o crescimento do futebol feminino. "Fico feliz com esse espaço que temos conquistado. Esse avanço é perceptível, mas ainda estamos distantes do que seria ideal", afirma.

Estão confirmados, ao lado de Gabi Zanotti e Falcão, nomes de destaque do futebol nacional, como os craques do freestyle Diego Oliveira e Adonias Fonseca, e Leozinho, do Magnus Futsal, eleito por dois anos o melhor jogador jovem de futsal do mundo. Os dois goleiros também estão definidos: Lucas Oliveira, do Corinthians, e Gian Wolverine, do Praia Clube, jogador que teve passagem pela seleção brasileira. Campeã do mundo de futebol de mesa e de futevôlei, Natalia Guitler também tem participação confirmada no evento.

O formato - O Reis e Rainhas do Drible é realizado em uma quadra especialmente desenhada e com regras adaptadas para facilitar a apresentação dos dribles. O formato é o 4 x 4, com três jogadores na linha e um goleiro, em dois tempos de 10 minutos, com cronômetro parado. O evento une as características do futsal, com futebol de campo e o futebol freestyle. Alguns dribles tradicionais, como caneta, meia-lua e chapéu, por exemplo, valem o dobro de pontos em relação a um gol.

A competição pode ser definida quando estiver em seus momentos finais com uma regra válida desde a segunda edição: o jogador que conseguir realizar o drible e fizer o gol na mesma jogada terá uma bonificação e este "combo" valerá quatro pontos. Há ainda os desafios individuais, em que um atleta escolhe um adversário para o drible um contra um. As faltas, caso ocorram, são cobradas sempre no estilo shoot out, ou seja, o jogador vai de encontro ao goleiro adversário com o objetivo de driblá-lo para fazer o gol.

Retirada de ingressos - A sétima edição do Reis e Rainhas do Drible, com transmissão ao vivo da TV Globo, a partir das 10h do dia 30 de janeiro, faz parte da programação do Esporte Espetacular e volta a ter presença de público neste ano, com entrada gratuita, porém sendo obrigatório a doação de 1 kg de alimento não perecível (sal não será aceito).

O início da troca de ingressos acontece na sexta-feira (28), entre 9h e 18h, no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo, no portão 3. No dia seguinte, também haverá troca de ingressos, também no mesmo horário e local.

O Reis e Rainhas do Drible 2022 tem os patrocínios de Dorflex, Sicredi, Sabesp e Forteviron e conta com o apoio da Umbro, Altipisos e Prefeitura São Bernardo do Campo. A realização do evento é da Savaget & Excalibur Promoções e Eventos.

Comente aqui