Data: 20/01/2022 19:58 / Autor: Vivian Rossi / Fonte: PMSBC

São Bernardo é a primeira cidade do Estado a vacinar crianças com Coronavac

Primeira dose da vacina no público infantil foi aplicada nesta quinta-feira (20/1) em Davi Lucas Marques dos Santos, de 9 anos


Crédito: Secretaria de Comunicação / PMSBC

Horas após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso da Coronavac em crianças e adolescentes, a Prefeitura de São Bernardo deu início já nesta quinta-feira (20/1) à aplicação das doses fabricadas pelo Instituto Butantan em crianças de 6 a 11 anos de idade e remanescentes do grupo de adolescentes de 12 a 17 anos. Com a autorização da agência e a chegada de um novo lote de 50 mil vacinas, a cidade libera a partir de amanhã (21/1) o agendamento da vacinação para todas as crianças de 5 a 11 anos de idade, com ou sem comorbidades.

O agendamento deve ser realizado no site oficial da Prefeitura (www.saobernardo.sp.gov.br/web/coronavirus) ou no aplicativo SBC na Palma da Mão. Para facilitar o atendimento no dia da aplicação, também é necessário preencher os dados no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), do Governo do Estado.

As doses serão aplicadas nas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e aos sábados e domingos, das 8h às 17h – aos finais de semana exclusivamente para a aplicação das doses no público de 5 a 11 anos. As crianças de 5 anos e as imunossuprimidas serão imunizadas somente com a dose pediátrica da Pfizer, enquanto as crianças de 6 a 11 anos poderão receber doses de ambas as fabricantes.

A expectativa é vacinar 45 mil crianças por fim de semana, garantindo que todo o público esteja imunizado com pelo menos a primeira dose até o dia 7 de fevereiro, quando serão iniciadas as aulas na rede municipal de ensino. “Hoje é dia de muita alegria. Com a proximidade da volta as aulas vamos conseguir vacinar todas as crianças com a primeira dose em um prazo muito curto. Somente hoje devemos aplicar 1.000 doses da Coronavac, com início efetivo da campanha”, explicou o prefeito Orlando Morando.

Comente aqui