Data: 20/05/2022 19:09 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de São Bernardo do Campo

SBC recebe aval da Caixa para custeio das obras finais da Marginal Ribeirão dos Couros

Prefeito Orlando Morando assinou nesta sexta-feira contrato de financiamento da terceira e última etapa das intervenções


Crédito: Ricardo Cassin / PMSBC

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, garantiu junto à Caixa Econômica Federal aval para custeio das obras finais da Avenida Marginal Ribeirão dos Couros, no bairro Jordanópolis, um novo eixo viário que irá conectar a Avenida Piraporinha, na divisa com Diadema, até o Corredor ABD. As obras do primeiro trecho já estão em andamento e, na tarde desta sexta-feira, o chefe do Executivo assinou contrato com o banco para financiamento do trecho final da via.

Esta é a terceira etapa do projeto, que soma cerca de R$ 100 milhões em investimentos e também integra a canalização do Córrego Ribeirão dos Couros, já concluído. Os recursos são oriundos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Morando também aproveitou a reunião com os representantes da Caixa, realizada no gabinete, para reforçar a parceria com a instituição e alinhar futuros projetos.

“Agradeço mais uma vez à equipe da Caixa pela velocidade que vem conduzindo os projetos do município e pelo apoio que tem dado à Prefeitura de São Bernardo. A população tem sido testemunha do amplo investimento que temos feito em infraestrutura e mobilidade urbana, com construção dos viadutos, dos corredores de ônibus e das realizações dos recapeamentos asfálticos”, frisou o prefeito, ao ressaltar que a administração tem cobrado celeridade nas obras.

Em março deste ano, o consórcio responsável pelas intervenções garantiu ao prefeito que ainda neste semestre deverá entregar o primeiro trecho da avenida, a ligação da Avenida Engenheiro Otávio Manente (que faz conexão com o Corredor ABD) com a Avenida São Paulo, ainda neste semestre. A empresa assegurou ainda que até o final do ano concluirá a ligação com a Avenida Piraporinha. A via possuirá 1,2 quilômetro de extensão e beneficiará cerca de 30 mil motoristas, otimizando a conexão São Bernardo-Diadema.

Comente aqui