Data: 21/03/2020 11:20 / Autor: Redação / Fonte: Secom - PMSBC

Trabalhadores Saúde: São Bernardo detalha plano de transporte público

Morando promoveu nesta sexta-feira (20/03) reuniões com diretores e representantes de laboratórios, Lar para Idosos e entidades assistenciais para resolver o deslocamento dos funcionários


Em continuidade às medidas de prevenção e combate ao Coronavírus (COVID-19), o prefeito Orlando Morando se reuniu nesta sexta-feira (20) com representantes de 17 laboratórios e clínicas de medicina diagnóstica, além de representantes de Lar para Idosos e entidades assistenciais de São Bernardo para tratar a respeito do deslocamento dos colaboradores desses serviços a partir do dia 29 de março, quando haverá a interrupção das linhas municipais na cidade. Assim como aos profissionais da Saúde pública e privada do município, será ofertado transporte coletivo específico a estes trabalhadores.

Durante três reuniões realizadas com diretores dos equipamentos, foi acordado que os representantes desses setores deverão encaminhar à equipe da Prefeitura, até às 12h de segunda-feira (23/03), a relação com nome, endereço e horário de trabalho de todos os funcionários que dependem do transporte público para ter acesso ao emprego.

As informações serão usadas pela equipe da Empresa de Transporte Coletivo (ETC) de São Bernardo para definir as rotas e paradas dos coletivos, que terão identificação visual diferenciada e atenderão também os profissionais terceirizados, desde que apresentem crachá dos laboratórios e clínicas de diagnóstico. Os pontos de embarque e desembarque ficarão, no máximo, a um quilômetro de distância da residência e local de trabalho dos colaboradores. A cobrança pelo serviço será feita tanto com o Cartão Legal quanto com dinheiro.

 “Desde o início dessa crise, estamos estudando as melhores medidas de prevenção. O quanto antes agirmos, mais rápido vamos evitar uma tragédia pior, como está acontecendo na Itália, por exemplo. Estamos organizando um serviço similar ao fretado, com pontos exclusivos de embarque e desembarque, e teremos o apoio da GCM para garantir a segurança destes trabalhadores e evitar tumultos. O ideal, inclusive, é que só tenhamos passageiros sentados, sem aglomeração”, observa o prefeito Orlando Morando.

A paralisação das linhas de ônibus atende decisão conjunta tomada entre os sete prefeitos do Grande ABC via Consórcio Intermunicipal do Grande ABC na quarta-feira (18/03). A ação foi ratificada durante videoconferência com representantes do Governo do Estado nesta quinta-feira (19/03).

Morando promoveu nesta sexta-feira (20/03) reuniões com diretores e representantes de laboratórios, Lar para Idosos e entidades assistenciais para resolver o deslocamento dos funcionários
Morando promoveu nesta sexta-feira (20/03) reuniões com diretores e representantes de laboratórios, Lar para Idosos e entidades assistenciais para resolver o deslocamento dos funcionários

Crédito: Omar Matsumoto\PMSBC

Comente aqui