Data: 30/11/2020 13:34 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

Atende Fácil Saúde avança em São Caetano

Atende Fácil Saúde funcionará na esquina das avenidas Goiás e Senador Roberto Simonsen


A previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2021.
A previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2021.

Crédito: Eric Romero / PMSCS

Os moradores de São Caetano do Sul ganharão em breve um dos mais modernos equipamentos públicos de Saúde do País. É o Atende Fácil Saúde, que funcionará em área de 3 mil m², na esquina das avenidas Goiás e Senador Roberto Simonsen, no Centro.

As obras, iniciadas em janeiro, continuaram durante a pandemia, apesar do desabastecimento da construção civil, principalmente do aço. As intervenções avançaram nas últimas semanas, com a finalização das estruturas e fundações e o início da instalação dos pilares da estrutura metálica. O conceito de construção pré-moldada dá celeridade aos trabalhos. A previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2021.

“Nosso intuito é proporcionar aos cidadãos a possibilidade de, em um único lugar, realizar consultas com médicos especialistas e os exames por eles solicitados, além do acesso ao medicamento prescrito. Dessa forma, esperamos realizar diagnósticos mais precocemente, alcançando melhores resultados para o paciente e otimizando os custos de tratamento”, destacou o prefeito José Auricchio Júnior, durante visita técnica às obras, em agosto.

O Atende Fácil Saúde reunirá Centro de Especialidades Médicas, com 16 consultórios; Centro de Diagnósticos de Análises Clínicas e por Imagem (ultrassom, tomografia, ecocardiograma e ressonância magnética, entre outros); Centro de Atenção Geriátrica, com profissionais especializados no trato com a Terceira Idade; e a primeira farmácia pública 24h da região, que funcionará os sete dias da semana, ininterruptamente. Tudo de graça para os mais de 160 mil sulsancaetanenses.

O investimento total é de R$ 20 milhões, sendo R$ 12,6 milhões para a obra e o restante para a compra de aparelhos e mobiliário. O valor é proveniente de duas operações de crédito da Prefeitura junto à Desenvolve SP, a Agência de Desenvolvimento Paulista. A articulação para a captação da verba junto ao Estado foi encabeçada pelo deputado estadual Thiago Auricchio.

A unidade deverá realizar média de 10 mil atendimentos ao mês, sem contabilizar a demanda farmacêutica.

Crédito: Eric Romero / PMSCS

Comente aqui