Data: 10/09/2021 14:49 / Autor: Gisele Lopes / Fonte: PMSCS

Cursos de capacitação do FSS abrem novas oportunidades para moradores de São Caetano

O evento gratuito contou com a participação de 30 pessoas que aprenderam como fazer uma mini ecobag


Cursos de capacitação do Fundo Social abrem novas oportunidades para moradores de São Caetano
Cursos de capacitação do Fundo Social abrem novas oportunidades para moradores de São Caetano

Crédito: Letícia Teixeira /PMSCS

Para celebrar o Dia Mundial do Crochê, comemorado no dia 12 de setembro, o Fundo Social de Solidariedade de São Caetano do Sul convidou a artesã Cristina Luriko para um workshop destinado a professores, artesãos e multiplicadores das técnicas da cidade.

O evento gratuito contou com a participação de 30 pessoas que aprenderam como fazer uma mini ecobag. “O crochê oferece às artesãs uma infinidade de possibilidades de criações com diferentes peças e mistura de cores. É um trabalho que estimula a criatividade, pode ser feito por qualquer faixa etária e ainda traz a possibilidade de empreender e ter uma fonte de renda”, afirmou a presidente do Fundo Social, Lilian Fernandes.

A artesã Cristina Luriko participa de vários programas de entretenimento e viaja pelo Brasil e alguns países da América do Sul ensinando técnicas de crochê. “Fiquei muito feliz em trazer a técnica da mini ecobag para as alunas de São Caetano. A turma aqui é craque e com certeza conseguirá finalizar a bolsa em apenas um dia. Sou professora há dez anos, adoro ensinar as técnicas do crochê que é muito fácil de aprender e especial para quem vive dessa arte ou faz apenas por hobby” afirmou.

Todo material para confecção das bolsas foi doado pela Dedal Armarinhos. Alessandra Valéria de Carvalho, professora de crochê do Fundo Social há três anos, foi uma das participantes do workshop. “Já formei mais de 100 alunas só pelo Fundo Social, onde ensino a fazer várias peças como bolsas, bico em pano de prato, cachepô, peso de porta, caminho de mesa, entre outras. Embora trabalhe com crochê há 20 anos, quis fazer o workshop porque sempre aprendemos novas técnicas.”

CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL

O Fundo Social também segue oferecendo os cursos de capacitação profissional, realizados em parceria com a Sedeti (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação). Os cursos são ministrados pelo Sebrae e Senac: Hambúrguer Artesanal; Customização de Peças de Vestuário; Criação e Técnicas de Bijuterias e Empreendedorismo – Descomplique Primeiros Passos.

Caroline Tocchet é professora do Senac, que está ministrando o curso de bijuterias no Fundo Social. Durante a segunda aula, ela ensinou a técnica de movimento dos alicates e conservação dos instrumentos. “O grupo também conseguiu criar o primeiro par de brincos. Ao término do curso elas serão capazes de montar e vender bijuterias, fazer peças sustentáveis e terão encontros com o Sebrae que abordará empreendedorismo e precificação.”

Já na quarta aula do curso de Hambúrguer Artesanal, os alunos estão fazendo o pão e continuam aprendendo sobre o blend de carnes, como rechear e montar os hambúrgueres. Rosely aparecida Gomes Marcelino está fazendo o primeiro curso na área de culinária e já está encantada com os resultados. “Gosto de cozinhar, mas nunca tinha feito curso. Vim incentivada por uma amiga e percebi que me dou bem trabalhando em grupo. Estou adorando aprender sobre os diferentes tipos de carnes que podemos utilizar para fazer hambúrguer. Já estou utilizando as técnicas em casa e foi aprovado por minha família”, comemorou.

A professora Bruna Rodrigues ensinou a fazer pão de leite com gergelim, hambúrguer de cupim recheado com provolone e hambúrguer de fraldinha com mussarela. “Eles ainda vão aprender diversas técnicas, molhos e inclusive sobre bebidas que harmonizam bem com os lanches.”

Comente aqui